A ANI está de aniversário

"Neste dia 21/01 nossa ANI está de aniversário. Completa 16 anos de história. E que história. A ANI foi fundada 2002 pelo casal Vilmar e Higina Brás. Eles haviam dado a volta ao mundo no seu veleiro, o Jornal, e ao retornarem a Itajaí, decidiram compartilhar suas experiências náuticas com a cidade, fundando a associação. Para mim esta ação deles foi um presente. Em 2011 estava procurando em Itajaí a possibilidade de praticar remo. Meu pai havia praticado o remo quando era jovem e eu gostaria de seguir seus passos. Ao procurar me deparei com uma faixa na avenida Beira Rio, perto de um pequeno container, que divulgava a possibilidade de se aprender a velejar. Fiz um curso de vela de monotipo com o voluntário Brian, onde um mundo novo se abriu para mim. O mundo da vela. Até aquele momento nunca havia pensando que um dia iria velejar. Era algo muito distante. Mas depois dali muitas possibilidades se abriram. Por que não seguir o exemplo do Vilmar e a Higina e um dia dar um volta ao mundo em um barco a vela? Depois do curso comprei um Hobie Cat 14, e comecei a praticar. Ainda não estava envolvido com a associação. Alguns anos mais tarde, busquei novamente a ANI, desta vez em uma sede maior, mais organizada, para aprender a vela oceânica. Aprendi com o presidente daquela época da associação, o Capitão Cláudio Copello, e também conheci todo o trabalho que era realizado. O projeto Navegando com a Cidadania, que atende centenas de crianças das escolas públicas do município. A Escola de Vela, onde os alunos do Navegando, tem a possibilidade de praticar a vela de competição. Hoje acumulando muitas conquistas. Também o projeto da Construção Naval. Liderado pelo Wilson José da Silva. Que criou uma nova classe de barcos a vela no Brasil, com dezenas de barcos construídos a mão, os Shell Backs. Quanto coisa era realizada e eu não sabia, fiquei muito entusiasmado com o trabalho e também surpreendido, por ser feito, em grande parte, por voluntários. Recebi do Claúdio o convite de fazer parte desta equipe onde até hoje estou envolvido. Por isto eu considero um presente a fundação da ANI pelo Vilmar e pela Higina. Sem o feito deles eu provavelmente nunca conheceria a vela, não teria conhecido diversas pessoas, feito novos amigos, e nem teria tido a oportunidade, através do voluntariado, de contribuir com o município. Vou um pouco mais longe afirmando que a ANI é um presente para a bela cidade de Itajaí. Me orgulho e agradeço por pertencer a esta história. Também agradeço a todas as pessoas que contribuíram com esta grande trajetória, da nossa associação. Desejo conseguir retribuir a altura de tudo o que foi feito, que a ANI continue evoluindo e fazendo a diferença para cada vez mais pessoas da nossa cidade.

 

Obrigado e parabéns ANI

 

Leo Felipe Amaral Senger

Presidente Voluntário da ANI"